• Cabeçalho

Artigo 2º Seminário de Ética da CSI

5.Dezembro.2013

 

Realizou-se no passado dia 5 de dezembro na Casa de Saúde da Idanha o 2º Seminário de Ética subordinado ao tema “Saber comunicar, um imperativo ético”.

Este evento foi dirigido a profissionais de saúde internos e externos à instituição, contando com um total de 120 participantes.

Os trabalhos iniciaram com a sessão de abertura presidida pela Presidente do IIHSCJ – Ir. Maria do Sameiro, o Diretor Gerente da CSI – Dr. José Eusébio e o Diretor Clínico da CSI – Dr. Pedro Varandas. Das palavras iniciais destacamos a mensagem proferida pela Ir. Mª Sameiro onde sublinhou que desde do início, a obra hospitaleira sempre se pautou pelos princípios do respeito pela vida e dignidade da pessoa, mesmo que muitas vezes esta pessoa esteja afetada na sua capacidade de decisão, como é o caso da pessoa com doença mental. Sabemos que nesta área da medicina o agir ético é um imperativo de competência e de comportamento profissional de todos os que estamos comprometidos com esta causa. Na Carta de Identidade da nossa Instituição a ética é apresentada como um valor institucional, isto é, uma característica identitária da nossa instituição.

“Saber comunicar, um imperativo ético”, sendo o tema central do seminário, constitui um desafio para todos os que formamos a Comunidade Hospitaleira. Vivemos em constante interação uns com os outros e por isso, a ética torna-se imprescindível em todo o nosso atuar quotidiano permitindo-nos construir a nossa própria vida e a nossa história, deixando marcas geradoras de autonomia e autodeterminação na vida dos que cuidamos. Nos âmbitos Hospitaleiros, em coerência com a missão que nos define, assumimos o desafio e o compromisso de viver a exigência ética do cuidar em todos os campos e tomadas de decisões.

A 1ª mesa incidiu no tema “A relação clínica: do modelo paternalista ao modelo informativo” moderada pelo Prof. António Palha. Contou com a presença de dois oradores: o Prof. Filipe Almeida que abordou o tema “Humanizar a relação clínica – que desafios?" e a Dra. Isabel G. Neto que desenvolveu o tema “Conferencia familiar – um instrumento de apoio à comunicação”.

A 2ª mesa situou-se no âmbito do Consentimento informado. Moderada pelo Dr. Duarte Falcão, abordaram-se temas como “Princípios e exigências éticas” (Dra. Lurdes Santos) e “Questões relacionadas com doentes não competentes” (Dr. João Albuquerque).

Terminado este momento de reflexão e aprofundamento conceptual seguiu-se uma pausa para almoço e confraternização.

Os trabalhos da tarde iniciaram-se com um painel de experiencias sobre questões éticas da prática clínica moderado pelo Dr. Pedro varandas e pela Ir. Paula Carneiro. Neste espaço de reflexão foram apresentados casos clínicos provenientes de centros do Instituto das IHSCJ, nomeadamente: CRM; CSRSI; CPSJ e CSI. Após a apresentação de caso abriu-se espaço à discussão sobre as questões éticas subjacentes ao caso apresentado, com vista a desenvolver nos participantes uma consciência ética profissional.

Em suma, com esta iniciativa afirmamos que a Hospitalidade é em si mesma, uma experieêcia ética fundamental e englobante da nossa missão que reforça a dimensão própria de toda a ação com a pessoa acolhida.

A realização deste 2º Seminário de Ética da CSI foi, sem dúvida, importante na aquisição de maiores conhecimentos nesta área, o que nos ajudará a melhorar a nossa ação, o nosso modo de ser e estar na missão, isto é, a fazer bem o bem, unindo sempre a compaixão à ciência.

 



© Copyright 2020, Irmãs Hospitaleiras. Todos os direitos reservados.